Sento la vita

Il viaggio musicale, spirituale e poetico del cantautore Bruno Pignatiello

Agora ou nunca mais

Dizem que você tá gorda e que gosta de comer...
fazem de tudo pra você se sentir culpada eu sei
mas essa é a parte mais linda que você sempre tem...
que faz rebeldia ás tentativas da não vida de te enlatar!

Peço demais, eu quero tudo!
Olhar pra atras, não faz sentido... não!

Oh baby, eu quero te surpreender...
com cartas de amor, beijos de paz...
bagagem de vida que você traz
com luzes e asas acompanhando teu voo!

Tem vezes que eu choro pensando na minha vida...
oh baby é que você tá ainda muito agarrada ao seu passado
muito mais facil tirar pra fora talentos escondidos...

Oh baby, eu quero te surpreender...
com cartas de amor, beijos de paz...
bagagem de vida que você traz
com luzes e asas acompanhando teu voo!

Agora ou nunca mais

Dicono che sei grassa e che ti piace mangiare...
fanno di tutto per farti sentire in colpa, lo so
ma questa è la parte più bella che hai...
che si ribella ai tentativi della non-vita di inscatolarti

chiedo troppo, chiedo tutto,
guardare indietro non ha senso

Oh baby, voglio sorprenderti
con lettere d'amore e baci di pace
bagaglio di vita che ti porti dietro
assieme ad ali e luci che accompagnano il tuo volo

"Ci son volte che piango pensando alla mia vita"
oh baby, è che sei ancora molto agganciata al tuo passato:
molto più facile tirar fuori talenti nascosti

Oh baby, voglio sorprenderti
con lettere d'amore e baci di pace
bagaglio di vita che ti porti dietro
assieme ad ali e luci che accompagnano il tuo volo